Por que está escrito nas estrelas? Entrevista com a Astróloga Nelma Guerra

https://i2.wp.com/img340.imageshack.us/img340/7433/rscn4542.jpgA astróloga Nelma Guerra é uma veterana da Astrologia. Professora nata, dá uma verdadeira aula nessa entrevista inédita e exclusiva para o PORTAL VERDE.

Portal Verde: Você acredita em astrologia?

Nelma: Não, porque astrologia não é crença e sim um saber.

Portal Verde: Como foi que você conheceu a astrologia?

Nelma: Através de um grande amigo que me presenteou com um livro que me fez pensar a respeito… a seguir uma amiga me levou a uma aula pois ela não queria ir só e como eu me encontrava de licença médica no trabalho, fui e estou até hoje, e lá se vão 23 anos.

Portal Verde: Qual a diferença entre astrologia e horóscopo?

Nelma: Astrologia é o estudo da interação dos corpos celestes com a terra que também é um corpo celeste. Um mapa natal de qualquer coisa é a fotografia cósmica daquele momento. Horóscopo é relativo a hora, vem do grego horoskopos e significa a “observação do tempo”; está ligado portanto ao signo ascendente.
Zodíaco está relacionado com os ciclos da vida, os ciclos das estações. E é no zodíaco que a astrologia se baseia.

Portal Verde: Quais são as principais diferenças da astrologia para com outros oráculos?

Nelma: A astrologia foi durante muito tempo somente oráculo, na Mesopotâmia e Egito. quando foi para a Grécia começou e ser individualizada, feita para a pessoa e não somente para os reis ou faraós. E mais tarde tomou un cunho mais psicológico e se focou no ser humano indicando seus potenciais e limitações tornado-se assim uma excelente ferramenta de auto conhecimento, embora continue também a ser um oráculo.

Portal Verde: Quando foi que a astrologia e a astronomia se separaram?

Nelma: A astronomia já fez parte da astrologia por ser inclusive muito mais antiga – o Quadrivium, estudo superior na antiguidade era composto de: ensino da aritmética, geometria, música e astrologia. Mas ela foi banida da academia em 1666 por Colbert, da política de Luis XIV com a influência da igreja de roma, porque dava uma certa autonomia ás pessoas e auto conhecimento, o que não interessava ao clero. foi banida e considerada heresia – e pensar que muito antes era praticada pelos sacerdotes, somente. a popularidade foi a sua derrocada. muitos foram queimados em fogueiras por serem ” caldeus” = astrólogos.

Portal Verde: Por que a astrologia não é considerada ciência?

Nelma: Porque uma indicação no mapa pode ser vivenciada de várias maneiras sempre seguindo a natureza da energia básica do corpo celeste. mas o homem tem o destino de ter aquela energia naquele local, naquele signo, tem também uma a maneira, a vivencia lhe é peculiar, é de seu livre arbítrio. ex. um marte numa posição proeminente pode resultar num general, num cirurgião ou num assassino. A ciência requer resultados exatos.

Portal Verde: Por que astrólogos adotam algumas vezes astros novos para sua técnica interpretativa (como foi acontecendo com urano, plutão, e recentemente, Quíron…) e por outro lado não incorporam novos saberes da astronomia, como a constelação de serpentário?

Nelma: Quirón não é aceito por todos, inclusive está sumido nos céus. Compete aos astrônomos descobrirem corpos celestes. Aos astrólogos compete experienciar essas descobertas, com cautela para ver a relação desse com o momento na terra. Haverá sempre uma sintonia ” o que está a cima é = ao que está embaixo”- Hermes Trimegisthos.

A constelação do serpentário não é um novo saber da astronomia. sempre existiu.
Mas o que tem as constelações a ver com a astrologia? apenas servem de pano de fundo. Você sabe que existem 88 constelações catalogadas? O que os astrônomos não aceitam talvez por serem muito cartesianos é que signos não são constelações. Apenas têm o mesmo nome, dado aos signos pelos antigos, lá da Mesopotâmia. A astrologia tem 6 mil anos e no museu de Londres- tenho uma aluna que foi lá, viu e ficou extasiada- as tabuinhas de terracota saque a das da babilônia, intactas com os 12 signos astrológicos. E, quando o homem branco invadiu e conquistou a América pré colombiana, também encontrou os mesmos símbolos dos 12 signos astrológicos.

Signo é uma divisão da eclíptica… Sabe o que é eclíptica? É o caminho aparente que o sol faz em torno da terra em 365 dias 06h48min39seg. Sabemos que é a terra quem gira em torno do sol, mas para a astrologia cujo estudo começou com uma simples observação dos céus há 6 mil anos atrás, o que eles e nós até hoje vemos? O sol girar em torno da terra. Signo não existe concretamente nos céus, como as constelações que são um aglomerado de estrelas.
Signo é uma divisão da eclíptica em 12 secções de 30 graus cada. o sol passa por esse caminho de forma regular, demarcando as estações do ano. E, como não é constelação por que acrescentaríamos Serpentário?

Portal Verde: Pessoas semelhantes em mapa pode m ter vidas muito diferentes. Por quê?

Nelma: Porque embora o mapa seja o mesmo as pessoas tem a liberdade de vivenciar as energias de livre escolha, mas sempre respeitando a natureza básica do corpo celeste. Inclusive gêmeos.

Portal Verde: Quais foram os casos mais marcantes que você atendeu em seu consultório, com astrologia?

Nelma: Muitos, difícil relatar. Pessoas que mudaram a vida e vieram me agradecer, irmãos gêmeos abrindo um negócio, casais que terminam a relação, datas para cesária, e tantos outros.

Portal Verde: Como é uma consulta com um astrólogo?

Nelma: A consulta consiste na leitura do mapa apontando potencialidades e limitações a serem trabalhadas, troca de informações. Há necessidade do astrólogo saber como o consulente vive aquela energia. Não tem como nós adivinharmos, embora ás vezes role intuição. Aliás adivinhar vem de ad -vinare = com o divino. Logo quem nos intui é a divindade que reside dentro de nós.
O astrólogo pergunta se o cliente está satisfeito e se quer perguntar algo que não tenha sido citado. E, também o astrólogo necessita ter um
feeling em falar uma linguagem adequada ao cliente, nunca atemorizá-lo….ele deve sair sempre melhor do que entrou. Tudo poderá ser dito desde que seja de um modo suave. Dá certo porque os clientes retornam.

Portal Verde: Quais as maiores contribuições da astrologia para o ser humano?

Nelma: Auto conhecimento e melhora na relação com o outro.

 

Portal Verde: Quanto tempo leva para se aprender a astrologia?

Nelma: No mínimo 4 anos.
Portal Verde: Como e onde se pode aprender a astrologia?

Nelma: Nas escolas espalhadas por todo o brasil. existem sindicatos estaduais e o CNA (Central Nacional de Astrologia).


Portal Verde: Deixe uma mensagem astrológica para nossos leitores?
Nelma: Antes de falarem da astrologia, estudem. Todos que o fizeram para a derrubarem tornaram-se astrólogos.

Aproveitem 2011, ano de arrancada a partir de março com a entrada de urano no signo de Áries.
Iniciem, re-iniciem com garra, confiança e muito fé naquilo em que você acredita. Os céus estão a favor. ao seu favor desde que façam com equilíbrio respeitando o outro.

* * *

Contato com Nelma Guerra:

Nelma Guerra <nelmaguerra5@uol.com.br>;

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: