Nascimento: programação do inconsciente e Renascimento

As experiências obtidas durante o período pré- natal e durante o nascimento, criam uma programação inconsciente que servirá de alicerce para futuras ações e reações do indivíduo durante sua vida. Como grande parte desta programação foi feita em cima de ocorrências negativas, como por exemplo os traumas de nascimento, a vida da grande maioria das pessoas, tende a ser orientada por realizações bem abaixo do seu real potencial. Sabemos que a programação inconsciente é bem mais poderosa que os desejos do consciente, por isso, a dificuldade de colocar em prática idéias e ações, é muitas vezes sabotada pela programação inconsciente, para nossa insatisfação. Ao contrário do que se pensava antigamente, o bebê está totalmente ligado ao que acontece ao seu redor, registrando todas as sensações, emoções e impressões como verdades a serem incorporadas no manual da sobrevivência para o mundo físico no qual ele está chegando.

Daí, resultam alguns posicionamentos perante a vida, que variam de indivíduo para indivíduo, de acordo com seu tipo de nascimento com respectivos padrões de comportamento.

Cesariana – Necessitam de ajuda pela vida a fora. Criam expectativas de ajuda em situações diversas, pois foram ajudados e não tiveram que fazer maiores esforços na hora do nascimento. Têm fascínio por objetos cortantes e podem possuir padrão de culpa, por terem ao nascer assumido a culpa pelos ferimentos da mãe.

Prematuros – Sentem pressa em avançar e depois ao alcançar os objetivos, não se sentem preparados para assumir a responsabilidade das novas situações. Geralmente chegam cedo aos locais onde são aguardados. Sentem-se vulneráveis e pequenos para resolver problemas. O pensamento padrão pode ser: não sou importante.

Partos pós -maturos – Nascem depois do tempo, geralmente são bebês grandes. Tem tendência a se atrasar nos seus compromissos. Precisam de mais tempo que as pessoas comuns para se adaptar às novas situações. Tentam não ser percebidos – ficar invisíveis. Têm resistência a mudanças, e sensações de serem pesados para os outros. O pensamento padrão é: preciso de mais tempo.

Nascimento de nádegas – Têm tendência a fazer tudo no sentido contrário. Quando se pede uma coisa a eles fazem outra. Deve-se pedir o contrário do que realmente queremos, para sermos atendidos.

Parto rápido – Pré disposição à impaciência, ansiedade e dificuldades com a intimidade. Ritmo de vida acelerado.

Expectativa de bebê de outro sexo – Sentimento de não ser a pessoa que todos esperavam que fosse. Dificuldade com a sexualidade, atração por profissões do sexo oposto. Pensamento padrão: sou uma decepção.

Nascimento com tentativa de aborto – Predominam os sentimentos de rejeição, os pensamentos mais comuns são: o mundo inteiro está contra mim, ninguém me apoia, não mereço estar vivo.

Criança adotada – Lembrança longínqua de rejeição, e memória de ser bem acolhido e aceito, mecanismo de ser muito boazinha para não ser abandonada de novo, conflito entre duas situações, podendo gerar diversos sentimentos, como por exemplo tristeza e raiva.

Informações mais detalhadas sobre estes e outros tipos de parto poderão ser encontradas no livro: Como seu Nascimento Afeta seus Relacionamentos, de Sondra Ray e Bob Mandel, editora Gente

O importante, é que as pessoas se conscientizem dos seus padrões de comportamento negativo , e façam uma limpeza no seu porão inconsciente, seguida de uma reprogramação eficiente, dirigida à realização de uma vida plena de alegrias e realizações, sendo novamente elas mesmas, religadas à sua essência. Um dos processos mais poderosos e rápidos que conheço para alcançar estes resultados, é sem sombra de dúvida, o Renascimento.

 

*   *   *

Portal Verde desconhece a autoria desse artigo. Caso você conheça a autoria ou considere indevida a publicação, por favor entre em contato.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: