Grande Sertão: Variações

CASA DO SABER – http://www.casadosaber.com.br/
Telefone: (11) 3707-8900
  

GRANDE SERTÃO: VARIAÇÕES
Música em diálogo com a poética de Guimarães Rosa

Alexandre Moschella

 

Qual música está dentro do grande sertão?
Qual é o grande sertão que está dentro da música?

O espetáculo é uma viagem por palavras e sons. As palavras vêm do romance “Grande Sertão: Veredas”, do escritor mineiro João Guimarães Rosa (1908-1967). Na obra, o ex-jagunço Riobaldo conta suas aventuras guerreiras e espirituais, em uma linguagem profunda e criativa. O romance é um universo infinito de atmosferas e sensações. Às vezes, as palavras são tão bem escolhidas e organizadas pelo escritor que sugerem música. O encontro apresenta, então, a leitura de trechos do livro com a apresentação de peças clássicas para violão escritas por compositores contemporâneos de Rosa. Afinal, diz Riobaldo, “o sertão está em toda a parte”.

 


27 MAR | 1. Programa
Heitor Villa-Lobos (Brasil, 1887-1959)
Valsa-Choro
Convite à viagem pelo sertão. Convite ao sonho.
________________________________
Heitor Villa-Lobos
5 Prelúdios
Prelúdio n. 1 -“O sertão está em toda a parte”.
Prelúdio n. 2 – O singelo encontro com uma prostituta… que tem todos os dentes.
Prelúdio n. 3 -“Saudades, dessas que respondem ao vento; saudade dos Gerais”.
Prelúdio n. 4 – Cruzando a terra árida.
Prelúdio n. 5 – O amor, o medo, a coragem. Estamos perto do que é nosso, mas não sabemos.
________________________________
Marlos Nobre (1939)
Momentos I
Rastejando no mato, preparando a emboscada.
________________________________
César Guerra-Peixe (1914-1993)
Prelúdio n. 4
Prelúdio n. 5
“O diabo não há! (…) Existe é homem humano. Travessia.”
________________________________
Leo Brouwer (Cuba, 1939)
La Espiral Eterna
“Tudo o que já foi, é o começo do que vai vir.”
________________________________
Leo Brouwer
Elogio de la Danza
“O diabo na rua, no meio do redemunho…”.


Alexandre Moschella. Formado em jornalismo e música, com sólida carreira em Comunicação e passagem por alguns dos principais veículos da imprensa nacional, como o “Jornal da Tarde”, o jornal “O Estado de S. Paulo” e as revistas “Época”, “Veja” e “Exame”. Também se apresentou como violonista erudito e narrador em algumas das mais prestigiadas salas de concerto do Brasil e exterior, buscando inovações no formato tradicional do recital erudito e a aproximação entre linguagens, como literatura e música.

Data: 27 MAR
Dias/horários: Terça-Feira, às 20h30 (27/03)
Valor: R$ 50,00 na inscrição
Observações: Das 20h30 às 22h

Inscrições:

Tel.: (11) 3707-8900
Horário de funcionamento: 09h às 22h

CASA DO SABER – http://www.casadosaber.com.br/
Rua Dr. Mário Ferraz, 414 – Jardim Paulistano – SP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: