DE OLHO NO COLESTEROL

FIQUE DE OLHO NO SEU COLESTEROL!

Apesar da má fama, o colesterol exerce uma função vital no organismo. Presente no sangue e nos tecidos, ele atua na produção dos hormônios sexuais, na síntese de vitamina D, na fabricação da bílis e no transporte de gordura do intestino para o fígado, músculos e tecido adiposo.

Para obtê-lo, o corpo humano vai buscar seus elementos no fígado ou em alimentos de origem animal. Quando o nível de colesterol no sangue ultrapassa as necessidades orgânicas, o excesso tende a se acumular nas paredes das artérias, formando placas de gordura (ateromas), que podem levar a complicações cardiovasculares, como o infarto e o derrame.

Além de uma alimentação adequada, rica em frutas, verduras e legumes, os especialistas recomendam a atividade física regular como forma de controle. Qualquer tipo de exercício realizado diariamente por pelo menos 30 minutos favorece a redução do mal colesterol (LDL) e a elevação do bom (HDL). Os melhores são os exercícios aeróbicos, como andar de bicicleta e caminhar.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia considera:

HDL – a taxa ideal do chamado “bom colesterol” é acima de 35 mg/dL de sangue. Ele é capaz de evitar o acúmulo de gordura nas artérias e facilitar sua eliminação;

LDL – ajuda o colesterol a entrar nas células, fazendo com que o excesso seja acumulado nas artérias, por isso é conhecido como “ruim”. A taxa ideal é abaixo de 130 mg/dL de sangue.
O colesterol total, obtido através da soma dos valores do HDL e LDL, deve ficar abaixo de 200 mg/dL de sangue.

Você tem problema de colesterol alto? Então, cuidado com sua alimentação! Mesmo quem está com o colesterol em dia deve tomar cuidado. O melhor é ficar de olho nos alimentos que coloca no prato, pois a ingestão constante de gordura saturada, certamente, vai elevar o nível do LDL.

Procure substituir alguns de seus alimentos preferidos (geralmente são os que têm mais gordura saturada!) por outros mais saudáveis! Aqui vai uma dica:

TROQUE…
POR…
Leite integral, manteiga, queijos amarelos. Leite desnatado, margarina light, queijo minas, cottage, ricota.
Pães recheados, croissants, brioches. Pão árabe, integral e light.
Patês à base de maionese e manteiga. Picles, azeitonas e cogumelos.
Carnes com molhos cremosos, à milanesa, empanadas fritas ou na manteiga. Grelhados, cozidos e assados.
Peixes gratinados, na manteiga, com molhos cremosos. Grelhados, no papelote, marinados.
Massas com molho branco, gratinadas. Massas sem recheio, com molho vermelho, ao alho e óleo.
Massas com recheio de carne ou queijo. Recheio de ricota, espinafre ou rúcula.
Molhos para saladas à base de maionese, rose, tipo caesar. Molhos de mostarda, iogurte, shoyu, aceto balsâmico, azeite, vinagre, limão.
Batata e polenta frita. Purê de batatas, nhame, de mandioquinha ou de maçã.
Sanduíches com carnes, ovos, bacon, queijo, frango empanado. Lanche natural salada, queijo branco.
Sorvetes, tortas e bolos. Picolé de frutas, frutas em calda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: