Aspartame

ASPARTAME É A NOVA TALIDOMIDA!

O aspartame é encontrado na Diet Coke e em outros refrigerantes Diet.

A mensagem a seguir é uma enfática recomendação para MANTER DISTÂNCIA de tais produtos. Ao considerar o fato adicional de que a maioria deles vem em latas de alumínio (os ácidos da bebida dissolvem os cátions Al+++ – cf. Mal de Alzheimer), há ainda mais incentivo para jogá-los fora. AVISO! NutraSweet é uma neurotoxina ! A talidomida dos anos 90 é o aspartame, também conhecido como NutraSweet e outras marcas comerciais. Em maio de 1992, a revista Flying Safety (Segurança de Vôo) explicou seus perigos:

“Na gravidez os efeitos do aspartame podem passar diretamente para o feto, mesmo em doses pequenas. Algumas pessoas sofreram problemas relacionados ao aspartame com doses pequenas como as que se encontram num chiclete diet. Isso pode significar que um piloto que beba refrigerantes dietéticos é mais suscetível a vertigens ou a atividade epiléptica induzida pela luz. Significa também que estes pilotos são vítimas potenciais de perda súbita de memória, tonteira durante vôo por instrumentos e perda gradual de visão.”

Alguns pilotos sofreram ataques epilépticos as cabines de vôos comerciais e tiveram de abandonar a carreira. A Food and Drug Administration (Administração de Alimentos e Remédios – FDA – órgão americano que cuida do credenciamento de remédios e aditivos alimentares para consumo humano) recebeu mais de 10.000 queixas de consumidores contra o Nutra Sweet. Isso corresponde a 80% do total de queixas sobre aditivos alimentares, mas a FDA parece estar em coma e não alerta o público americano, que supõe que um produto tão anunciado deve ser seguro como leite materno.

A FDA costuma aprovar drogas assassinas, como a revista Omni de fevereiro de 94 relatou. Se você usa aspartame e tem dores de cabeça, depressão, fala arrastada, perda de memória, sintomas semelhantes aos da fibromialgia, perda de sensação ou dores repentinas nos membros inferiores, perda de equilíbrio, vertigens, ataques de ansiedade, fadiga crônica, perda de visão ou costuma ver pequenas luzes flutuantes piscando, se sofre descolamento de retina, ataques semelhantes aos epilépticos, espasmos musculares, palpitações cardíacas etc. você está com a doença do aspartame.

Muitos médicos têm diagnosticado esclerose múltipla quando o que existe na realidade é intoxicação por metanol, que se assemelha à esclerose múltipla.

Livre-se desta droga perigosa imediatamente. Esclerose múltipla não é uma sentença de morte; intoxicação por metanol é.

51% das drogas aprovadas pela FDA apresentam riscos sérios e podem causar reações adversas que levam à incapacidade severa ou permanente e até à morte. O Center for Disease Control (Centro para controle de doenças) da Universidade John Hopkins e a New Jersey School of Medicine (Escola de Medicina de New Jersey) estimam que de 80.000 a 120.000 americanos morrem por ano por causa de remédios prescritos por seus médicos. A persistência deste atroz holocausto tem tudo a ver com dinheiro e nada a ver com saúde pública. A Monsanto (fabricante do aspartame) amealha 2 bilhões de dólares por ano com a bonança tóxica do aspartame.

Isto pode comprar muitos burocratas! A FDA trabalha para a indústria, não para os cidadãos. O chefe da FDA, Arthur Hayes, passou por cima de sua própria comissão de pesquisas para aprovar o aspartame, e depois foi trabalhar na empresa de relações públicas do fabricante. O promotor federal Sam Skinner foi designado para processar a Searle (fabricante de adoçantes com aspartame) por causa de testes fraudulentos em seu pedido de aprovação do produto, mas mudou de lado e foi trabalhar junto aos advogados da Searle.
O caso morreu quando os prazos se esgotaram.

O Dr. Adrian Gross, honesto e já falecido toxicologista, escreveu ao senador Howard Metzenbaum: “Os relatórios do Center for Food Safety (Centro para a Segurança dos Alimentos) da FDA podem ser lidos coo scripts de Abbott & Costello, por terem percepções viradas pelo avesso e de cabeça para baixo. A FDA deveria trabalhar para o cinema… Tal “processo” ou DANÇA representa uma farsa e uma zombaria.”

O aspartame é uma molécula com três componentes: ácido aspártico, fenilalanina e metanol. Depois de ingerido, o metanol – álcool de madeira que já matou ou cegou milhares de bêbados de sarjeta – converte-se em formaldeído e ácido fórmico (veneno de formiga). O formaldeído, neurotoxina mortal, é o fluido geralmente usado em embalsamamentos, um cancerígeno classe “A”.
A fenilalanina também é neuro-tóxica quando isolada dos outros aminoácidos das proteínas.

O ácido aspártico causa lesões cerebrais em desordens neuroendócrinas, em experiências com animais. Há 92 sintomas documentados, incluindo dores de cabeça, dormência, fadiga, visão borrada palpitações cardíacas, tonteira, espasmos musculares, ganho de peso, irritabilidade, ansiedade, vertigens, ataques epilépticos, urticária, cegueira, taquicardia, zumbido nos ouvidos, depressão, perda de audição, fala arrastada, perda do paladar, insônia.

O aspartame está presente em 5.000 produtos alimentares e em muitas mesas de restaurantes, pela mesma razão que o tabaco está por toda parte: ganância, vício e lucro! A NutraSweet e sua irmã Searle, cujos químicos descobriram o aspartame durante experiências com um remédio para úlcera, pertencem à Monsanto.

Se você toma outros remédios, pense nas possíveis reações que pode sofrer. Em 1969, a Searle contratou o Dr. Harry Waisman para estudar os efeitos do aspartame em primatas. Sete bebês macacos receberam o produto no leite. Um morreu em 300 dias; cinco outros tiveram ataques epilépticos. A Searle eliminou estes resultados quando submeteu o estudo à FDA. A melhor maneira de entender o aspartame é vê-lo como uma minúscula dose de gás dos nervos, que paralisa as funções do
cérebro e do sistema nervoso.

Algumas doenças provocadas pelo aspartame: tumores no cérebro e outros canceres; esclerose múltipla; epilepsia; fibromialgia; doença de Graves; síndrome da fadiga crônica; doença de Epstein Barr; doença de Parkinson; mal de Alzheimer; diabete; retardamento mental; linfoma; defeitos no feto; lupus sistêmico; e morte!

Pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT – Instituto de Tecnologia de Massachusetts) observaram 80 pessoas que sofreram ataques cerebrais depois de comerem ou beberem produtos com aspartame. Disse o Community Nutrition Institute (Instituto de Nutrição da Comunidade): “Estes 80 casos ajustam-se à definição da própria FDA de risco iminente para a saúde pública, que exige da própria FDA a retirada imediata do produto do mercado.”

Os Estados Unidos estão presenciando um enorme aumento de casos de ataques epilépticos. A fenilalanina do aspartame reduz o patamar de ataque no cérebro e bloqueia a produção de serotonina. Hoje o país está sendo varrido por uma onda de violência. Os pesquisadores atribuem este fato, em parte, aos níveis baixos de serotonina, que induzem à depressão, ao ódio e à paranóia.
Assim, o presidente Clinton, diet coke na mão, programa bilhões de dólares para construir penitenciárias para os paranóicos.

O tecido fetal não tolera o metanol, e o Dr. James Bowen chama o aspartame de controle instantâneo da natalidade. A placenta pode concentrar a fenilalanina e provocar retardamento mental. Testes com aspartame em animais produziram tumores cerebrais e mamários. Não admira que o câncer de mama esteja crescendo nos Estados Unidos em ritmo exponencial! Durante a Operação Tempestade no Deserto (Guerra do Golfo), caminhões de bebidas dietéticas cozinharam sob o sol da Arábia, e a 30ºC o aspartame libera metanol na lata. Milhares de soldados, homens e mulheres, voltaram para casa com síndrome de fadiga crônica e estranhos sintomas de intoxicação.

Em 28 de julho de 1983 a National Soft Drink Association (Associação Nacional dos Refrigerantes) divulgou um protesto de 30 páginas questionando a segurança do uso do aspartame em refrigerantes. Então descobriram, que os americanos preocupados com o peso beberiam soda o dia inteiro se ela não tivesse açúcar, e esqueceram suas objeções; nem nos disseram que o aspartame faz a pessoa implorar por carboidratos, e assim engordar. O formaldeído fica armazenado no tecido adiposo, principalmente nos quadris e coxas. Beba diet coke, engorde agora e depois tenha ataques, diabete, cegueira, doença de Epstein Barr, depressão, esclerose múltipla e morra.

De forma semelhante, a American Diabetic Association (Associação Americana dos Diabéticos), que recebe megaverbas da NutraSweet, ignorou um artigo de 1987 apresentado pelo Dr. H. J. Roberts (especialista mundial em aspartame e em diabetes), listando 58 casos de reações adversas do aspartame em diabéticos. Ele diz: “Hoje aconselho TODOS os pacientes com diabete e hipoglicemia a evitarem produtos com aspartame.”

O Dr. Russell Blaylock, neurocirurgião, disse, em seu livro “Excitotoxinas: o sabor que mata” que o aspartame pode provocar a diabete clínica. Ele afirma que as excitotoxinas que podem ser encontradas em produtos como
o NutraSweet literalmente estimulam os neurônios à morte, provocando danos cerebrais de vários graus. Telefone da Health Press: 1-800-643-2665.

Diz também que “o que realmente me preocupa quanto ao aspartame é sua associação com tumores cerebrais, pancreáticos, uterinos e ovarianos… e que tantos pacientes desenvolvam uma síndrome semelhante à de Alzheimer com a exposição prolongada.”

O NutraSweet e outros adoçantes com aspartame são as toxinas mais mortais de nossa sociedade, por causa de sua presença em toda parte, em milhares de alimentos, até mesmo vitaminas para crianças, remédios, …

O NutraSweet e outros adoçantes com aspartame são as toxinas mais mortais de nossa sociedade, por causa de sua presença em toda parte, em milhares de alimentos, até mesmo vitaminas para crianças, remédios, pudins, gelatinas e em mesas de restaurantes. Recebemos milhares de doses, todo ano!

Este aviso deveria estar em todo produto contendo aspartame:
VENENO QUÍMICO: MANTENHA LONGE DO ALCANCE
DE SERES HUMANOS: GENOCIDA!

1 Response so far »


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: