O que a cebola o brócolis e a uva têm em comum?

Estudos realizados em todo o mundo demonstraram que uvas escuras, brócolis e cebolas amarelas contém quercetina, um agente anticancerígeno. É possível que esses produtos possam erradicar as células malignas antes que se formem os tumores!

Alguns estudos de referência:

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0002934301009950

Clique para acessar o 0240790.pdf

http://pubs.acs.org/doi/pdf/10.1021/jf00024a011

 

Uma árvore que faz-nos refletir sobre desejos

Árvores-dos-desejos 
(kalpavriksha)

No conceito indiano (védico), o Paraíso é composto por árvores-dos-desejos, as quais basta você sentar debaixo e desejar qualquer coisa para que imediatamente se realize, sem que haja intervalo entre o desejo e a realização. Segue um pequeno conto moral, que ilustra o que orienta toda uma fé ligada ao espírito dessas árvores sagradas na Índia e outros locais.

“Uma vez, um homem estava viajando e, acidentalmente, sentou-se embaixo de uma dessas árvores-dos-desejos.

Sem saber do conceito acima e domado pelo cansaço, ele pegou no sono .
Quando despertou estava com muita fome, então disse:

– Estou com tanta fome que desejaria poder conseguir alguma comida em algum lugar.

E imediatamente apareceu comida, vinda do nada, simplesmente uma deliciosa comida, flutuando no ar.

Ele estava tão faminto que não prestou atenção de onde viera a comida.

Começou a comê-la assim que a viu. Somente depois que a fome desapareceu é que voltou a olhar ao redor, já satisfeito.

Outro pensamento seguiu em sua mente:

– Se ao menos conseguisse algo para beber…

E, imediatamente apareceu à ele excelentes sucos e néctares. Bebendo e relaxando na brisa fresca , sob a sombra da árvore, começou a pensar:

– O que está acontecendo? O que está havendo? Estou sonhando ou existem espíritos ao meu redor que estão fazendo truques comigo?

E espíritos apareceram. E eram ferozes, horríveis, nauseantes. Ele começou a tremer e um pensamento seguiu em sua mente:

– Agora vou ser assassinado, com certeza.

BUM!!!…E assim aconteceu.

*  *  *