Moxabustão, o poder da combustão de ervas medicinais sobre os pontos de Acupuntura

Moxabustão

https://portalverde.files.wordpress.com/2014/12/e61a1-moxabustao.jpg

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) abarca toda a conceituação de saúde humana oriunda da cultura milenar do povo que hoje habita o continente chinês. A moxabustão é uma de suas técnicas mais antigas, e vale-se de aquecer pontos de energia, os mesmos pontos utilizados pelos acupunturistas (“ponto de acupuntura”).

O nome moxabustão vem da fusão de moxa (artemísia ou “erva”) com bustão (queima). Assim, a moxabustão emprega a queima da erva medicinal “Artemísia vulgaris” próxima ao ponto que se deseja tratar, aquecendo-o. Outras ervas podem ser usadas, ou mesmo o ponto poderia ser aquecido por outros métodos. Mas os terapeutas que lidam com MTC ainda preferem a erva artemísia, pois sua eficiência tem sido comprovada ao longo de pelo menos 5.200 anos.

O aquecimento de determinados pontos de Acupuntura com a Moxabustão é extremamente eficaz para curar e prevenir doenças. Às vezes, a Moxabustão é mais eficaz do que a aplicação da Acupuntura. Outras vezes, as duas técnicas são utilizadas em conjunto.

Existem inúmeros trabalhos no Oriente e Ocidente sobre os estudos clínicos e pesquisas experimentais, demonstrando a eficácia dos resultados terapêuticos da Acupuntura e da Moxa nas doenças do aparelho digestivo, circulatório, respiratório, urinário, sistema imunológico, nervoso, endócrino, bem como nas doenças reumáticas.