A humanidade eliminou 60% dos animais desde 1970, segundo relatório

Blog do Pedlowski

A enorme perda é uma tragédia em si, mas também ameaça a sobrevivência da civilização, dizem os principais cientistas do mundo.

5018Gado na floresta amazônica. Fotografia: Michael Nichols / National Geographic / Getty Images

A humanidade eliminou 60% dos mamíferos, aves, peixes e répteis desde 1970, levando os principais especialistas do mundo a alertar que a aniquilação da vida selvagem é agora uma emergência que ameaça a civilização humana.

A nova estimativa do massacre da vida selvagem é feita em um grande relatório produzido pelo WWF e envolvendo 59 cientistas de todo o mundo. O estudo aponta que o vasto e crescente consumo de alimentose recursos pela população global está destruindo a teia da vida, bilhões de anos em formação, sobre a qual a sociedade humana depende, em última análise, do ar limpo, da água e de tudo mais.

“Estamos sonambulando na beira de um…

Ver o post original 480 mais palavras

Anúncios

Estudo associa agrotóxicos organofosforados a uma série de doenças em fetos e crianças. Banir sería a solução

Blog do Pedlowski

organoUm artigo publicado pela revista PLOS Medicine de autoria de um grupo de pesquisadores de instituições de pesquisa dos EUA e do Canadá liderados pela Dra. Irva Hertz-Picciotto da Universidade da California-Davis traz revelações importantes sobre os impactos trazidos pelo uso intensivo e indiscriminado de agrotóxicos da classe dos organofosforados [1].

op banAlém dos impactos diretos sobre os agricultores que manipulam e aplicam esta classe de agrotóxicos, os pesquisadores estabeleceram efeitos sobre a saúde até de fetos em desenvolvimento no útero, o que vem a causar problemas cognitivos e comportamentais, bem como deficiências no processo de desenvolvimento neurocomportamentais. Segundo o que apontam os pesquisadores,  os resultados associados à  exposição de fetos a agrotóxicos organofosforados normalmente  incluem a ocorrencia de reflexos primitivos anormais em recém-nascidos; atrasos no desenvolvimento mental e motor entre crianças em nível pré-escolar, bem como  a diminuição da memória de trabalho e visual e na velocidade de…

Ver o post original 205 mais palavras