União Europeia vai banir fungicida vendido no Brasil por causar danos genéticos e declínio das abelhas

Blog do Pedlowski

UE proíbe agrotóxico mais usado no Reino Unido sobre receios de saúde e meio ambiente

Autoridades dizem que o clorotalonil apresenta alto risco para a vida selvagem e pode prejudicar os seres humanos

clorotanilPor Damian Carrington para o jornal “The Guardian”

Um dos pesticidas mais comuns do mundo será proibido em breve pela União Européia, depois que autoridades de segurança relataram preocupações com a saúde humana e com o meio ambiente.

O clorotalonil, um fungicida que previne o mofo e o bolor nas colheitas, é o pesticida mais usado no Reino Unido, aplicado em milhões de hectares de campos, e é o fungicida mais popular nos EUA. Os agricultores chamaram a proibição de “excessivamente cautelosa”.

Mas os países da UE votaram a favor de uma proibição após uma revisão da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) foi incapaz de excluir a possibilidade de que produtos de decomposição…

Ver o post original 487 mais palavras

Der Spiegel informa que Vale tem 8 barragens sob risco de rompimento em Minas Gerais

Blog do Pedlowski

Depois de Brumadinho, TÜV Süd alerta para perigo de rompimento em outras de barragens da Vale

Após o rompimento mortal em Brumadinho, a TÜV Süd  colocou suas próprias medidas sob dúvida. Informações obtidas pela SPIEGEL indicam que mais oito barragens estão sob risco “preocupante” de rompimento.

Dammbruch in BrasilienRompimento de barragem em Brumadinho (MG).

Por Von Hubert Gude, Claus Hecking e Stefan Schultz para a “Der Spiegel”

Depois que a barragem explodiu em Brumadinho, no Brasil, causando provavelmente mais de 300 mortos, a TÜV Süd alertou as autoridades brasileiras e a mineradora Vale sobre novos desastres. Outras oito barragens da Vale são consideradas “preocupantes” em uma investigação preliminar, sete das quais são “particularmente preocupantes”, segundo uma carta datada de 12 de março. O Spiegel tomou conhecimento desse fato com várias fontes.

Assim como Brumadinho, as oito barragens de alto risco estão localizadas no estado de Minas Gerais: a leste e sul da capital, Belo Horizonte. Eles…

Ver o post original 549 mais palavras

Rio Doce, tem mais uma morte anunciada

Blog do Pedlowski

doceDesde o dia o8 de fevereiro, quando se anunciou que a barragem (ou barragens) do complexo de Gongo Seco está em condição de rompimento, uma sirene (não as da Vale) deveria ter soado nos governos estaduais e municipais de Minas Gerais e Espírito Santo. Mas tanto os governadores Romeu Zema (MG) e Renato Casagrande (ES) preferiram gastar tempo precioso com as articulações pró-contrarreforma da previdência proposta pelo ministro Paulo Guedes, e nenhuma medida de urgência aparentemente foi tomada para impedir mais um assassinato do Rio Doce.

É que em meio às declarações da mineradora Vale sobre não haver razões para pânico já que os moradores dos arredores imediatos foram removidos de suas residências, essa aparentemente calma serve apenas para acalmar os ânimos dos detentores de suas ações.

2-barragem-sul-superiorA verdade é que não motivo algum para calma caso a barragem (ou barragens) de rejeito da mina Gongo Soco, pois ali…

Ver o post original 381 mais palavras

Comida envenenada! Resíduos de agrotóxicos são encontrados em 70% dos produtos vendidos nos EUA, mesmo após lavados

Blog do Pedlowski

Morangos, espinafre e couve estão entre os que possuem mais resíduos de agrotóxicos. A couve cultivada convencionalmente pode conter até 18 agrotóxicos.

chuva 1Alexis Temkin, do Environmental Working Group, disse: “O Guia para Produzir do Comprador está baseado em evidências que mostram que misturas de agrotóxicos podem ter efeitos adversos”. Foto: Dave Martin / AP

Por Emily Holden para o jornal “The Guardian”

Cerca de 70% dos produtos frescos vendidos nos EUA contêm resíduos de agrotóxicos, mesmo depois de lavados, de acordo com um grupo de defesa da saúde.

De acordo com a análise anual do Environmental Working Group dos dados do Departamento de Agricultura dos EUA, morangos, espinafre e couve estão entre os produtos contendo mais agrotóxicos, enquanto o abacate, o milho doce e o abacaxi tiveram o menor nível de resíduos.

Mais de 92% da couve testada continha dois ou mais resíduos de agrotóxicos, de acordo com a análise…

Ver o post original 551 mais palavras

“Brasileiro sofre com problemas crônicos por uso de agrotóxicos”, afirma pesquisadora

Blog do Pedlowski

No programa Entre Vistas, da TVT, Larissa Bombardi ressaltou os perigos da aplicação intensiva de venenos nas lavouras

agrotóxicos“Mapeei os casos de malformação fetal em SP e é muito assustador. Consegue-se ver no mapa o uso intensivo de agrotóxicos”, diz pesquisadora / Herr stahlhoefer via Wikimedia Commons

Por Redação do jornal Brasil de Fato

Foi exibida nesta quinta-feira (7) na Rede TVT, mais uma edição do programa “Entre Vistas”. Com apresentação de Juca Kfouri. A entrevistada da noite foi Larissa Bombardi. Ela é doutora em geografia pela USP e especialista em agrotóxicos. João Paulo Rodrigues, da Coordenação do MST, e Yamila Goldfarb, da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, fizeram comentários.

Bombardi é autora do Atlas “Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia”, que detalha a extensão do uso e os problemas causados pelos produtos que…

Ver o post original 601 mais palavras

Dra. Heloísa Lessa agraciada com o prêmio 2019 HRIC CHAMPIONS!

Dra. Heloísa Lessa, fundadora do IMO e nossa primeira presidente, foi indicada para concorrer ao prêmio 2019 HRIC CHAMPIONS da Ong internacional Human Rights in Childbirth (HRiC). Ontem, no Dia Internacional da Mulher, a HRiC anunciou que elas estava entre as campeãs!

Estamos felizes. Além de ecoar premissas defendidas pelo IMO e pelo próprio Michel Odent, Dra. Heloísa tem sido por décadas uma importante voz na defesa ao nascimento saudável, consciente, ecológico e de escolha da mulher!

Segue versão em português do anúncio resumido, feito no Facebook do HIRC (O anúncio principal encontra-se em: http://humanrightsinchildbirth.org/index.php/2019/03/08/announcing-the-2019-hric-champions-award-winners/):

HOJE, #8M, temos a satisfação de anunciar as Campeãs HRiC 2019!

Este é um reconhecimento pelas contribuições extraordinárias dos nossas Campeãs, para a realização dos direitos humanos durante o parto. As Campeãs serão embaixadores de HRiC por um ano.
Os Campeões HRiC 2019 são:

Midwife: Heloísa Lessa (Brasil)
Médica: Gloria Esegbona (Reino Unido)
Ativista:

Ver o post original 89 mais palavras