Archive for Notícias do Portal Verde

Kun Nye

Image result for kum nye

KUN NYE

Respiração tibetana para o equilíbrio

O Kun Nye é um sistema de relaxamento que une os ensinamentos do budismo, da ayurveda e da medicina tibetana.

Sua prática é simples, e se baseia numa técnica mental-meditativa e respiratória. Busca harmonizar e integrar o corpo e a mente por meio da estimulação, da liberação e da expansão das sensações que unem a mente, o corpo e os órgãos dos sentidos.

Trazido para o Ocidente por Tarthang Tulku no início dos anos 70, o Kum Nye já é praticado e ensinado no Brasil há 20 anos, no Instituto Nyingma do Brasil.

Para saber mais sobre o Kum Nye, acesse o site oficial do instituto Nyingma:

www.nyingma.com.br

Leave a comment »

Reflexologia

 

Image result for reflexology treatment

REFLEXOLOGIA DE MICROSSISTEMAS:

Na medicina oriental é comum o emprego de estímulos em áreas ou estruturas especiais do corpo humano, visando o tratamento mediante ação reflexa em todo o organismo.

Em regiões como o pavilhão auricular, os pés e as mãos existem pontos e pequenas áreas que correspondem a órgãos, vísceras, estruturas anatômicas músculo-esqueléticas, sistema nervoso, endócrino, imunológico, etc.

Não resta dúvida de que a reflexologia é um recurso valiosíssimo no contexto da medicina oriental; sendo utilizada em caráter complementar ao shiatsu, o seu principal objetivo é potencializar a ação terapêutica do tratamento.

a) Microssistema plantar (dos pés):

Image result for reflexology

O microssistema plantar envolve, alem da região plantar, os artelhos e o dorso do pé. Todavia, é na área plantar que se encontram diversos pontos que podem ser manipulados com a finalidade terapêutica reflexa especifica.
É muito comum encontrarmos, no oriente, profissionais que aplicam pressões com os dedos ou instrumentos não perfurantes, para pressionar ou percutir a região plantar do paciente. Geralmente, o próprio paciente utiliza instrumentos, nos quais pisa para proporcionar os estímulos necessários para promover o efeito terapêutico desejado.

b) Microssistema palmar (das mãos):

Image result for body reflexology

O microssistema palmar é especial por ser a mão uma região mais sensível e por possuir músculos programados para realizar movimentos precisos e complexos, diferentemente dos pés, cujos músculos estão limitados à função de deslocar e suportar o peso do corpo.

c) Microssistema do pavilhão auricular (aurículoterapia):

https://i2.wp.com/reflexology-map.com/wp-content/uploads/2013/03/REFLEXOLOGY-ear.jpg

Esse microssistema é o mais complexo de todos, visto que a área anatômica é muito pequena, mas possui muitos pontos e áreas de estimulação.

A estimulação auricular com as mãos é limitada quando a comparamos a outros métodos de estímulos, como a acupuntura auricular. Mas, ainda assim, o estímulo digital é muito eficiente.

A polpa digital é consideravelmente maior que os pontos e áreas específicos a serem estimulados. Naturalmente, a intensidade da pressão digital é muito menor que a pressão realizada através de instrumentos pontiagudos, ou mesmo agulhas, acarretando diferentes níveis de resposta.

Este recurso é muito empregado no oriente, tanto como técnica complementar ao shiatsu sistêmico, quanto como método de auto aplicação de caráter popular, desde a antiguidade.

As aplicações durante um período prolongado agem sobre o Ying Ch’i (Ch’i Nutritivo) e provocam a devida circulação dos canais energéticos (meridianos); promovendo, ainda, a regulação dos Zang Fu (órgãos e vísceras). Assim, pode ser um recurso profilático, quando aplicado corretamente.

Escrito por Fabrício Nobre para o Portal Verde

Leave a comment »

Arteterapia

Image result for art therapy

Arteterapia: Harmonia com Arte

O que é?

A Arteterapia conscientiza as pessoas de sua essência, e de seu poder criativo. As pessoas adoecem física, mental e emocionalmente quando não expressam partes de seu ser e reprimem sentimentos. A Arteterapia trabalha a compreensão e a integração dos símbolos na mente, promovendo o desenvolvimento pessoal. É utilizada terapeuticamente na elaboração e resolução de questões pessoais, nos problemas de aprendizagem, na educação como um todo, em empresas, apresentando excelentes resultados, uma vez que a pessoa constrói seu próprio caminho de auto-compreensão e auto-conhecimento por meio da expressão artística.

Ela auxilia no desenvolvimento da capacidade de ser mais criativo, tanto a nível pessoal, como também profissional. Conscientizando como está sendo praticada a criatividade, e como pode ser melhorada.

Os materiais e as técnicas utilizadas são escolhidas de acordo com a necessidade de cada cliente. Tendo sempre como objetivo a saúde mental, física, emocional e energética. Trabalham sempre os órgãos dos sentidos, que são nosso contato e percepção do mundo externo, e onde foram feitos os primeiros registros. Por meio deles trabalhamos os arquivos pessoais, transformando-os, promovendo saúde total.
Arteterapia trabalha com modelos (mentais e emocionais) comuns a toda a humanidade. Por meio da expressão, o cliente passa a se relacionar de uma maneira mais natural e melhor com o mundo e consigo mesmo

Como são os atendimentos e a quem se destina:

Os atendimentos ou encontros de Arteterapia podem ser individuais ou em grupos. Os atendimentos são indicados para todas as faixas etárias e a todos tipos de dificuldades (emocionais, mentais, físicas e energéticas). Tendo encontros especiais para terapeutas.
Temos também workshops para empresas, escolas, objetivando maior integração e produtividade das equipes de trabalho. Esses encontros podem ser realizados nas próprias empresas, ou em outro espaço a ser determinado, caso, terapeuta e empresa acreditarem e decidirem que a mudança de ambiente será benéfica aos participantes.
Esse trabalho é direcionado a todas as pessoas que buscam maior equilíbrio e harmonia, se descobrindo, revelando e desenvolvendo seu potencial criativo, ampliando sua capacidade de se relacionar com fatos e pessoas, elaborando e transformando se dia a dia com maior naturalidade.

Por Glória Chan, para o Portal Verde

Leave a comment »

Terapia Craniosacral

Related image

Terapia Crânio-Sacral

Por volta de 1900, o estudante de osteopatia, Dr. William G. Sutherland, foi surpreendido por uma idéia.

https://i1.wp.com/www.craniosacralcharleston.com/images/publish/sutherlandw.jpg

Ele percebeu que os ossos do crânio eram desenhados de tal forma que permitiam um movimento entre si. Por mais de vinte anos ele estudou a possibilidade de movimento nos ossos do crânio adulto. Fez experiências com seu próprio crânio, utilizando-se de aparelhos, como capacetes, forma de exercer diversas pressões em variadas partes de sua cabeça.

Sua esposa manteve um relatório sobre as mudanças de personalidade que ocorreram com ele durante as diversas variadas aplicações da pressão. Ele descreveu dores, problemas de coordenação motora, etc, conforme cada tipo de pressão.

No começo dos anos 30 publicou seu primeiro artigo sobre este trabalho no Minnesota Ostheopatic Journal.

https://i1.wp.com/static.wixstatic.com/media/d0ab92_8914d0fbed7d43fa90c601b8ea3cec51.jpg_srz_420_329_85_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srzEm 1970, durante uma cirurgia na nuca de um paciente, o Dr. John Upledger percebeu o movimento rítmico da dura mater. Dois anos mais tarde, participou de um seminário que explicava as idéias de Sutherland e ensinava algumas das técnicas de avaliação e tratamento.

Pôde então entender com um sistema hidráulico funcionava dentro das membranas do crânio e da medula óssea.

Em 1975 foi convidado pelo Ostheopatic College da Michigan State University para pesquisar e dar aulas no Departamento de Biomecânica. Ele liderou uma equipe de pesquisas multidisciplinares que estabeleceu o embasamento científico para o sistema crânio-sacral.

Estamos familiarizados com os ritmos respiratórios e cardiovasculares. Assim como eles, o sistema crânio – sacral influencia muitas funções do nosso organismo. Uma falta de equilíbrio nesse sistema pode causar danos ao desenvolvimento do cérebro e da medula, o que pode resultar em disfunções sensoriais, motoras ou neurológicas.

O sistema crânio-sacral é constituído por membranas e pelo líquido cérebro- espinhal, que envolve e protege o cérebro e a medula. O sistema se estende do cranium (osso do crânio, face e boca) até o sacrum (cóccix). O efeito positivo da Terapia Crânio-Sacral está em grande parte ligado à capacidade de cada um nas atividades fisiológicas de autocorreção. Com leves toques o terapeuta é capaz de interferir nas forças hidráulicas inerentes ao sistema crânio-sacral, melhorando, dessa forma, a situação do organismo.

Por sua influência em muitas funções do organismo, a Terapia Crânio-Sacral é utilizada hoje por uma larga variedade de profissionais de saúde, tais como osteopatas, dentistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, acupunturistas e terapeutas corporais em geral.

Ela incentiva os mecanismos naturais do corpo de forma a melhorar o funcionamento do cérebro e da medula, elimina os efeitos negativos do stress, e aumenta o bem-estar e a capacidade imunológica.

Leave a comment »

Drenagem Linfática Manual (DLM)

Image result for drenagem linfatica

Drenagem Linfática Manual (DLM)

Iniciada pelo cirurgião plástico austríaco Winwater no final do século passado, redescoberta em 1932 pelo filósofo Emil Vödder e desenvolvida por renomados cientistas como Casley-Smith, Föld, Leduc e tantos outros, a Massagem de Drenagem Linfática ou Drenagem Linfática Manual (DLM) é uma técnica de massagem altamente especializada, feita com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes, que seguem o trajeto do sistema linfático, tendo por objetivo aprimorar algumas de suas funções, trazendo vários benefícios como redução de edemas linfáticos, inchaços pós-operatórios, lipedemas, celulite, retenção hídrica, acne, etc., estimulando a regeneraçào e a defesa dos tecidos, aumentando a diurese e a eliminação de toxinas, desenvolvendo assim, o equilíbrio hídrico e a homeostase do organismo.

Apesar de ser uma massagem suave, a DLM produz efeitos profundos e sistêmicos, tendo suas contra-indicações absolutas e relativas, o que significa que não pode ser usada em qualquer caso, o que exige do profissional conhecimento maior em anatomia e fisiologia humana, principalmente em sistema linfático.
É uma técnica de grande eficácia terapêutica, com efeitos iniciais imediatos, de reconhecimento científico mundial, aprovada pelas pessoas que já usufruiram, com uma procura cada vez maior e muito comentada pela imprensa leiga. Todos estes aspectos e muitos fazem da DLM uma massagem de altíssimo nível, o que a coloca no rol das melhores técnicas do mundo.

Extraído do Jornal da EOMA (Escola Oriental de Massagem e Acupuntura)/Agosto de 1999

Leave a comment »

Massagem Ayurvédica

A Massagem Ayurvédica é parte de uma medicina nascida na Índia há mais de 6000 anos, denominada Ayurveda. É uma massagem de cura, mas que também reflete diretamente na estética corporal e visual a partir da liberação das toxinas presas aos músculos e aos tecidos do corpo, assim como as toxinas internas, instaladas em vários de nosssos órgãos. Fala a mestre em Massagem Ayurvédica Ma Prem Ila:

“É uma técnica corporal profunda e vigorosa que tem como motor de arranque , ou seja, o início do trabalho o aquecimento da coluna vertebral, que segundo o ayurveda, é o centro da vida. Na verdade, é a base do trabalho, acrescida de manobras de alongamentos e trações. A massagem conta também com a dinamização dos órgãos e pontos vitais realizada através de pressões e a circulação constante da energia, o que favorece um realinhamento em todos os níveis energéticos.”

A terapia está ligada às hierarquias sagradas vedas, que visam a saúde e ao bem estar das pessoas em todos os planos. Quando falamos, portanto, de alinhamento em todos os níveis energéticos, também estamos citando o espiritual.
A movimentação corporal, ou seja, a parte do aquecimento e deslizamentos é auxiliada por óleo específico para cada pessoa e um pó de raiz originária da Índia chamada Vackandi, similar ao ginseng brasileiro (Pfáfia paniculata).

A realização da Massagem Ayurvédica tradicional só é possível em um tanque, que favorece ao doador realizar as manobras de alongamentos e trações. É impossível se fazer essa modalidade de massagem em uma cama ou maca. O receptor deverá ficar em trajes menores, com a parte do corpo que não esteja sendo usada coberta por um lençol, e permanecer relaxado, respirando normalmente, evitando conversar para que o terapeuta possa realizar o trabalho com consciência, procurando identificar partes do corpo onde existam energias bloqueadas ou estagnadas a fim de soltá-las, aumentando assim a movimentação muscular.

O terapeuta deverá ter a postura relaxada, segura, e principalmente, ter conhecimento de leitura corporal para poder realizar um trabalho aliado a manobras corretas para cada caso, obtendo assim resultados satisfatórios num menor espaço de tempo. Também é interessante realizar previamente uma forma de diagnóstico (anamnese), onde será encontrado o dosha (humor corporal) de cada indivíduo.

Existem três humores básicos: Vata (ar corporal), Pitta (calor corporal) e Kapha (água biológica). Uma pessoa pode ter uma ds seguintes constituições: Vata, Pitta, Kapha, Vata-Pitta, Pitta-Kapha, Vata-Kapha ou Vata-Pitta-Kapha (este último é mais raro de se encontrar). Com este diagnóstico, o terapeuta terá segurança na utilização do óleo correto de acordo com cada humor.

O ponto ótimo do trabalho é o relaxamento através da cabeça e dos olhos.
A técnica é multi-diversificada, e utiliza dezenas de manobras, ficando a cargo do terapeuta definir qual a mais indicada para cada caso.

Extraído do Jornal Prana – Maio de 1999
Adaptado por Arnaldo V. Carvalho

Leave a comment »

Regressão de Memórias

Resultado de imagem para regressão de memória

REGRESSÃO DE MEMÓRIAS

Desde o momento da concepção, conhecido como momento zero, o ser que se inicia, recolhe e guarda em sua memória todas as informações que o Universo disponibiliza, e que serão úteis e necessárias a sua formação, ao seu crescimento natural e a formação de sua personalidade futura.

Onde guarda essas informações, se no momento zero ele é apenas uma célula?

Segundo os conceitos da Psicobiofísica e da Parapsicologia, tudo é energia, e o ser que se inicia, no primeiro momento de sua vida recebe uma aura de energia eletromagnética conhecida como subconsciente, onde já traz todas as informações para formação do corpo físico biológico [material] e com essa energia, tal e qual um eletroimã, vai atraindo as informações que formarão sua personalidade futura [mental e psíquica]. Como ele ainda não tem um consciente formado, não é capaz de julgar, avaliar ou discernir quais são as informações positivas e negativas, gravando então todas, o grande perigo para sua integridade é o fato dele estar recebendo estas informações através de uma pessoa que não ele mesmo [a mãe], ficando por isso sujeito a guardar em seu DNA [a memória] todo o lixo que lhe chega disfarçado ou nomeado como traumas, medos, raivas, ressentimentos, tristezas, inseguranças e etc, sendo que o pior deles é a tal de rejeição. Todos os problemas psico- bio- físicos têm origem [causa] nesse momento. A terapia de regressão de memórias é uma técnica terapêutica que se emprega com o objetivo de retirar da memória essas informações negativas que são a causa primária dos males que lhe acometem, fazendo-a regredir até o momento onde aconteceram e deletando-as com o auxílio e a orientação do terapeuta, após o que, o próprio organismo saberá consertar-se.

A Terapia de Vidas Passadas segue os mesmos princípios e métodos utilizados numa terapia de regressão de memórias. Dependendo da crença pessoal de cada cliente, pode acontecer naturalmente ou até inesperadamente. Como é impossível para o terapeuta determinar com exatidão o que é realidade ou o que é fantasia, a Universidade do Estado de São Paulo, tem realizado uma pesquisa em alguns casos de terapia de vidas passadas, utilizando-se para isso, de um aparelho de tomografias computadorizada, para mapear quais as áreas do cérebro que estão ativas durante o processo de regressão, tendo concluído em 99% desses casos, que a área ativa neste momento é a área relativa à memória. O mais importante durante estes procedimentos terapêuticos, não é saber quem tem razão ou porque tem razão, mas verificar que 100% das pessoas submetidas a qualquer uma das duas terapias, têm alcançado os resultados que em outros procedimentos ou em tratamentos clínicos não haviam conseguido alcançar.

Se o que se busca é a restauração da saúde física ou do bem-estar mental, então por que ficarmos debatendo se essa ou aquela técnica, se esse ou aquele tratamento é o melhor ou é o mais adequado? O que importa é o resultado final, e em ambos os procedimentos não existe o menor risco para a saúde ou para o bem-estar, jamais poderá haver qualquer prejuízo, pois ambas as terapias reduzem o tempo de tratamento e não utilizam nenhuma substância química, sendo métodos totalmente naturais, o que não acarreta nenhuma restrição. Manda o bom senso que se faça essas terapias apenas com pessoas cuja compreensão/discernimento auxilie a terapia [acima dos doze anos e que não sejam surdos-mudos].

Escrito para o Portal Verde por Carlos Alberto Medeiros , Terapeuta Parapsicólogo, especialista em Terapia de Regressão de Memórias e TVP..

Leave a comment »

%d blogueiros gostam disto: