Posts tagged massagem ayurvedica

Massagem Ayurvédica

A Massagem Ayurvédica é parte de uma medicina nascida na Índia há mais de 6000 anos, denominada Ayurveda. É uma massagem de cura, mas que também reflete diretamente na estética corporal e visual a partir da liberação das toxinas presas aos músculos e aos tecidos do corpo, assim como as toxinas internas, instaladas em vários de nosssos órgãos. Fala a mestre em Massagem Ayurvédica Ma Prem Ila:

“É uma técnica corporal profunda e vigorosa que tem como motor de arranque , ou seja, o início do trabalho o aquecimento da coluna vertebral, que segundo o ayurveda, é o centro da vida. Na verdade, é a base do trabalho, acrescida de manobras de alongamentos e trações. A massagem conta também com a dinamização dos órgãos e pontos vitais realizada através de pressões e a circulação constante da energia, o que favorece um realinhamento em todos os níveis energéticos.”

A terapia está ligada às hierarquias sagradas vedas, que visam a saúde e ao bem estar das pessoas em todos os planos. Quando falamos, portanto, de alinhamento em todos os níveis energéticos, também estamos citando o espiritual.
A movimentação corporal, ou seja, a parte do aquecimento e deslizamentos é auxiliada por óleo específico para cada pessoa e um pó de raiz originária da Índia chamada Vackandi, similar ao ginseng brasileiro (Pfáfia paniculata).

A realização da Massagem Ayurvédica tradicional só é possível em um tanque, que favorece ao doador realizar as manobras de alongamentos e trações. É impossível se fazer essa modalidade de massagem em uma cama ou maca. O receptor deverá ficar em trajes menores, com a parte do corpo que não esteja sendo usada coberta por um lençol, e permanecer relaxado, respirando normalmente, evitando conversar para que o terapeuta possa realizar o trabalho com consciência, procurando identificar partes do corpo onde existam energias bloqueadas ou estagnadas a fim de soltá-las, aumentando assim a movimentação muscular.

O terapeuta deverá ter a postura relaxada, segura, e principalmente, ter conhecimento de leitura corporal para poder realizar um trabalho aliado a manobras corretas para cada caso, obtendo assim resultados satisfatórios num menor espaço de tempo. Também é interessante realizar previamente uma forma de diagnóstico (anamnese), onde será encontrado o dosha (humor corporal) de cada indivíduo.

Existem três humores básicos: Vata (ar corporal), Pitta (calor corporal) e Kapha (água biológica). Uma pessoa pode ter uma ds seguintes constituições: Vata, Pitta, Kapha, Vata-Pitta, Pitta-Kapha, Vata-Kapha ou Vata-Pitta-Kapha (este último é mais raro de se encontrar). Com este diagnóstico, o terapeuta terá segurança na utilização do óleo correto de acordo com cada humor.

O ponto ótimo do trabalho é o relaxamento através da cabeça e dos olhos.
A técnica é multi-diversificada, e utiliza dezenas de manobras, ficando a cargo do terapeuta definir qual a mais indicada para cada caso.

Extraído do Jornal Prana – Maio de 1999
Adaptado por Arnaldo V. Carvalho

Anúncios

Leave a comment »

%d blogueiros gostam disto: